espaço reservado

Hidrocefalia Sua Saúde

Sobre essa Doença

Sobre hidrocefalia

Cerca de 1 em cada 1.000 bebês nascem com hidrocefalia, uma doença em que há o acúmulo excessivo de líquido cefalorraquidiano nos ventrículos cerebrais. Os sintomas podem incluir vômitos, letargia, dor de cabeça, cabeça com tamanho aumentado ou mesmo convulsões. Não existe cura, mas o tratamento pode proporcionar alívio a longo prazo.

Definição

O termo "hidrocefalia" é derivado de duas palavras gregas: hydro (água) e kephale (cabeça). Hidrocefalia é ainda às vezes referida como "água no cérebro." A hidrocefalia é uma doença em que um excesso de líquido cefalorraquidiano se acumula nas cavidades do cérebro conhecidas como "ventrículos".


Causas e tipos de hidrocefalia

Em condições normais, existe um delicado equilíbrio entre a produção, circulação e os níveis de absorção de líquido cefalorraquidiano nos ventrículos do cérebro.

A hidrocefalia é o resultado de um desequilíbrio da distribuição de líquido cefalorraquidiano. Os três tipos de hidrocefalia incluem:

  • Hidrocefalia não comunicante (obstrutiva) – ocorre quando o fluxo de líquido cefalorraquidiano é bloqueado dentro do sistema ventricular
  • Hidrocefalia comunicante (não obstrutiva) – ocorre quando há absorção inadequada do líquido cefalorraquidiano
  • Hidrocefalia de pressão normal (HPN) – um aumento da quantidade de líquido cefalorraquidiano nos ventrículos do cérebro com pouco ou nenhum aumento da pressão dentro da cabeça; mais frequentemente vista em adultos com mais de 60 anos de idade

Tanto a hidrocefalia não comunicante quanto a comunicante podem ser tanto "congênita" (existente antes ou ao nascimento) ou "adquirida" (desenvolvida após o nascimento devido à trauma ou doença).


Sintomas

Em crianças e lactentes, os ossos do crânio ainda não estão fechados, e a hidrocefalia pode ser evidente. Haverá um aumento no tamanho da cabeça, e a fontanela (moleira) pode ficar tensa e/ou apresentar abaulamento. A pele pode parecer fina e brilhante, e as veias do couro cabeludo podem parecer cheias ou inchadas.

Os sintomas podem incluir:

  • Vômitos
  • Falta de apetite
  • Apatia
  • Irritabilidade
  • Olhar para baixo constante dos olhos
  • Convulsões ocasionais

Em crianças mais velhas e nos adultos, os ossos do crânio fecharam-se. Estes indivíduos têm sintomas de aumento da pressão intracraniana devido ao aumento ventricular causado pelo líquido cefalorraquidiano extra, que causa a compressão do tecido cerebral.

Os sintomas podem incluir, mas não estão limitados a:

  • Dor de cabeça
  • Náuseas
  • Vômitos
  • Distúrbios visuais
  • Coordenação motora precária
  • Alterações de personalidade
  • Falta de concentração
  • Letargia

Os sinais e sintomas do aumento da pressão intracraniana tendem a mudar ao longo do tempo, como as suturas cranianas (as articulações entre os ossos do crânio) começam a fechar no bebê e na criança e tornam-se totalmente fechadas em crianças mais velhas.


Diagnóstico

Existem vários testes que podem ajudar no diagnóstico da hidrocefalia. 

Referenced path does not exist